Photo Credit: Global Diaspora News (www.GlobalDiasporaNews.com).

Esperança Bias, no seu primeiro discurso como presidente da Assembleia da República (AR), evidenciou a sua preocupação a pandemia do covid-19: “vive-se um cenário de incerteza cuja duração não é possível prever” e chamou a atenção para a necessidade de rever a agenda da 1º sessão ordinária da IX Legislatura.

“O surgimento do covid-19 condicionou, desde a sua eclosão, a dinâmica da economia global, tendo afectado a confiança nos mercados financeiros internacionais, os preços das commoditties e o comércio internacional, que constituem um dos principais canais de transmissão dos efeitos da pandemia na economia”, afirmou nesta quarta-feira (25) a presidente da AR na abertura da 1º sessão ordinária da IX Legislatura.

Esperança Bias resumiu o sentimento mundial, “vive-se um cenário de incerteza cuja duração não é possível prever” e alertou aos seus pares para a necessidade de rever a agenda da sessão, que tem 20 matérias para serem apreciadas pelos representantes do povo até ao dia 29 de Maio.

Tendo em conta a evolução da pandemia do covid-19 o @Verdade acredita que esta sessão poderá ser interrompida nas próximas semanas quando o número de infectados aumentar exponencialmente.

A presidente da AR deixou vários recados para dentro da “casa” que agora comanda e voltou a colocar no topo das prioridades a adiada da Cidadela Parlamentar no Distrito Urbano Ka-Tembe, “devemos redobrar os nossos esforços na busca de financiamento sustentável para a construção da Cidadela”, disse.

Após a cerimónia solene de abertura da nova sessão, que teve um quórum de apenas 160 deputados, procurando cumprir as medidas de prevenção do novo coronavírus, a presidente da Assembleia da República sugeriu que os deputados deveriam dar primazia a apreciação de materiais fundamentais para o funcionamento do Governo como o Programa Quinquenal do Governo (PQG), o Plano Económico e Social assim como o Orçamento de Estado de 2020.

A “Casa do Povo” volta a reunir na tarde desta quinta-feira (26) para apreciar o projecto de resolução atinente a eleição dos membros do Conselho de Estado. O PQG de Filipe Nyusi 2020-2024 só começará a ser analisado pela plenária a 2 de Abril.

Source of original article: @Verdade – Últimas (www.verdade.co.mz).
The content of this article does not necessarily reflect the views or opinion of Global Diaspora News (www.GlobalDiasporaNews.com).

To submit your press release: (https://www.GlobalDiasporaNews.com/pr).

To advertise on Global Diaspora News: (www.GlobalDiasporaNews.com/ads).

Sign up to Global Diaspora News newsletter (https://www.GlobalDiasporaNews.com/newsletter/) to start receiving updates and opportunities directly in your email inbox for free.