Photo credit: DiasporaEngager (www.DiasporaEngager.com).

Moçambique ultrapassou este domingo(18) os 99 mil casos positivos da covid-19 com a eclosão de novos surtos na Cidade e Província de Maputo e nas províncias de Gaza, Manica e Niassa. A pandemia respiratória causou a morte de mais 19 moçambicanos, três são jovens.

Ascendeu a 99.412 o cumulativo de casos positivos registados em Moçambique, desde Março de 2020, após mais 1.260 indivíduos terem testado positivo para o SARS-CoV-2, todos em resultado de transmissões locais e entre eles 1.240 moçambicanos.

O Ministério da Saúde(MISAU) actualizou para 1.118 o cumulativo de vítimas mortais da pandemia após a notificação de mais 19 óbitos em pacientes infectados pelo novo coronavírus, todos de nacionalidade moçambicana, 12 na Cidade de Maputo, três na Província de Maputo, um na Província de Gaza, um na Província de Inhambane, um na Província de Sofala e um na Província de Manica.

O @Verdade apurou que as vítimas do sexo feminino tem 21, 38, 40, 46, 50, 52, 57 e 61 anos de idade enquanto os do sexo masculino têm 55, 56, 57, 58, 61, 64, 70, 72, 73, 80 e 83 anos de idade.

“Destes, seis óbitos foram declarados no dia 16/07/2021, nove no dia 17/07/2021 e quatro no dia 18/07/2021” refere o Boletim Epidemiológico do MISAU que indica terem reduzido para 481 os pacientes internados nos covidários na sequência de 54 novos internamentos e de 53 altas hospitalares.

Source of original article: Verdade (verdade.co.mz).
The content of this article does not necessarily reflect the views or opinion of Global Diaspora News (www.GlobalDiasporaNews.com).

To submit your press release: (https://www.GlobalDiasporaNews.com/pr).

To advertise on Global Diaspora News: (www.GlobalDiasporaNews.com/ads).

Sign up to Global Diaspora News newsletter (https://www.GlobalDiasporaNews.com/newsletter/) to start receiving updates and opportunities directly in your email inbox for free.