Timor-Leste reforçou seu compromisso com o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 14, que foca em proteger a vida marinha, durante o discurso na Conferência dos Oceanos das Nações Unidas nesta terça-feira. 

Quem veio a Lisboa como chefe da delegação do país foi Xanana Gusmão. O ex-presidente abriu o discurso, em inglês, lembrando que a identidade do Timor “está ancorada no mar”. 

Fronteiras Marítimas  

Oceanos no centro da atenção global durante toda a semana em Lisboa.

Xanana Gusmão acrescentou que Timor-Leste quer “unir sua voz e suas ações” a todos aqueles comprometidos com a defesa dos oceanos. Segundo o chefe da delegação, o país recentemente conseguiu delimitar “fronteiras marítimas permanentes com a Austrália” e está trabalhando “com a Indonésia para conseguir o mesmo”.  

Ele lembrou que o Timor-Leste “está localizado no coração do Triângulo de Coral”, tendo os seus mares “áreas com uma das maiores biodiversidades do mundo”, além de grandes concentrações de baleias e golfinhos.  

Educação Marinha  

Na Conferência dos Oceanos, Xanana Gusmão anunciou ainda que o Timor-Leste quer estabelecer um Centro de Educação Marinha, com o apoio de instituições internacionais. 

Ele também afirmou que seu país está comprometido “com uma economia azul que protege os oceanos de forma equilibrada.” 

Source of original article: United Nations / Nações Unidas (news.un.org). Photo credit: UN. The content of this article does not necessarily reflect the views or opinion of Global Diaspora News (www.globaldiasporanews.net).

To submit your press release: (https://www.globaldiasporanews.com/pr).

To advertise on Global Diaspora News: (www.globaldiasporanews.com/ads).

Sign up to Global Diaspora News newsletter (https://www.globaldiasporanews.com/newsletter/) to start receiving updates and opportunities directly in your email inbox for free.