O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde afirmou que os países africanos foram “deixados para trás” pelo resto do mundo, no que diz respeito à vacinação contra a Covid-19.  

Na terça-feira, Tedros Ghebreyesus falou com jornalistas em Genebra, e explicou que apenas duas nações africanas já cumpriram as metas estipuladas pela agência, mas não citou quais países. 

Tedros Ghebreyesus afirmou que continuará lutando pela distribuição igualitária de vacinas

Imunidade coletiva  

A OMS espera que os países vacinem pelo menos 40% da população até o fim deste ano, feito conquistado na África por apenas duas nações. Para 2022, o objetivo é ter 70% da população mundial vacinada até meados do ano.  

Segundo Tedros, o não-cumprimento das metas não acontece porque os países africanos não têm capacidade, mas sim porque foram esquecidos pelo mundo. O diretor da OMS informou que mais de 5,7 bilhões de doses de vacinas foram aplicadas globalmente, mas apenas 2% deste total foi na África.  

O chefe da agência da ONU lembra que todos são afetados pela situação, uma vez que a desigualdade na distribuição de vacinas contribui para que o coronavírus continue circulando e entrando em mutação. 

Enfermeira no Mali prepara uma dose de vacina

Covax  

Tedros Ghebreyesus lembrou ainda que enquanto a pandemia persistir, continuarão também os impactos socio-econômicos, além de “novas variantes que poderão tornar as vacinas menos eficazes”.  

Sobre o mecanismo Covax, que busca acelerar a distribuição de vacinas, Tedros revelou que já foram distribuídas mais de 260 milhões de doses para 141 países. 

O diretor da OMS afirma que o problema da desigualdade pode ser resolvido e por isso, pede aos países que já conseguiram atingir alto nível de cobertura para distribuírem doses por meio da Covax e da União Africana.  

Tedros Ghebreyesus reconhece que pode estar parecendo “um disco riscado”, mas que não se importa, porque ele continuará defendendo a igualdade na distribuição de vacinas até o objetivo ser alcançado.  

Source of original article: United Nations / Nações Unidas (news.un.org). Photo credit: UN. The content of this article does not necessarily reflect the views or opinion of Global Diaspora News (www.globaldiasporanews.net).

To submit your press release: (https://www.globaldiasporanews.com/pr).

To advertise on Global Diaspora News: (www.globaldiasporanews.com/ads).

Sign up to Global Diaspora News newsletter (https://www.globaldiasporanews.com/newsletter/) to start receiving updates and opportunities directly in your email inbox for free.